requiao intervencao

Requião sobre 2022: “Me chama que eu vou”

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) disse nesta quinta-feira (2), ao Blog do Esmael, que está preparado para ser candidato à Presidência da República em 2022.

Ao ser lembrado de uma declaração do ex-presidente Lula segundo a qual não ele disputaria a eleição de 2022 por causa da idade, dos processos e da Globo, Requião afirmou o fator idade não o afeta na vontade de presidir o Brasil.

“Eu sou mais velho que ele [78 anos, Lula tem 74]. Não estou procurando mandato, mas se for necessário a participação no processo político para dar sequência à defesa da soberania e dos interesses populares, eu não recuso [a missão]”, afirmou.

“A idade não me pegou”, garante Requião. “Eu não vou jogar fora toda a experiência que adquiri”, completou.

Perguntado se for chamado para 2022, o emedebista respondeu lacônico: “Eu vou, se necessário.”

O slogan “Me chama que eu vou” foi utilizado por Roberto Requião na eleição ao governo do Paraná em 2002, quando ele foi eleito pela segunda vez ao cargo.

LEIA TAMBÉM
Recado do Lula: “Estou livre para ajudar a libertar o Brasil”; assista

Marco Feliciano compara atentado à Porta dos Fundos com incêndio de estátua da Havan

Véio da Havan ‘mamou nas tetas’ do BNDES, diz Frota