Nem Moro, nem Itamaraty pediram a extradição de Eduardo Fauzi da Rússia

O Ministério da Justiça e o Itamaraty negaram oficialmente terem feito o pedido de extradição de Eduardo Fauzi, acusado pelo ataque à produtora do Porta dos Fundos. A informação é do BRPolítico.

A informação contradiz a publicação do Globo de que a extradição de Fauzi estaria sendo providenciada.

LEIA TAMBÉM
Terrorista que atacou Porta dos Fundos está na Rússia

Suspeito de ser um dos terroristas do ataque à Porta dos Fundos posta vídeo; assista

Polícia do Rio identifica terrorista que atacou Porta dos Fundos

O Ministério da Justiça afirmou por e-mail para o BRP que não realizou nenhuma manifestação sobre o caso. Já o Itamaraty, também por e-mail afirmou que não recebeu da pasta do ministro Sérgio Moro nenhum pedido de extradição relativo a Fauzi e negou ter entrado em contato com autoridades russas para tratar sobre o assunto.

Segundo o ministério do ex-juiz Sérgio Moro, falta o juiz que pediu a prisão de Fauzi fazer o pedido para que o processo de extradição tenha início.

Com informações do BRP.