Na França, até o ‘Homem Aranha’ protesta contra reforma da Previdência

Publicado em 13 janeiro, 2020
Compartilhe agora!


A mobilização popular contra a reforma da Previdência continua forte na França, apesar do recuo do presidente Emmanuel Macron, que retirou neste domingo (12) do projeto a exigência da idade mínima de 64 anos para ser ter o direito à aposentadoria.

O inusitado protesto ocorreu nesta segunda-feira (13), quando o alpinista Alain Robert, o “Homem Aranha francês”, escalou um prédio de 48 andares em Paris sem utilizar qualquer equipamento de escalada. Ele já escalou mais de 100 estruturas, incluindo o edifício mais alto do mundo, o Burj al Khalifa, de Dubai.

A Torre Total, de 48 andares na capital da França, foi escalada para mostrar apoio ao trabalhadores em greve contra os planos de reforma da Previdência do governo do presidente Emmanuel Macron.

Robert, 57 anos, ergueu os punhos após chegar ao teto da torre de 187 metros de altura, localizada no distrito comercial de La Défense.

LEIA TAMBÉM:

Governo francês abandona aumento da idade mínima para encerrar protestos contra Previdência

França: Milhares em Paris e 216 manifestações contra Macron nesta quinta

França vem sendo sacudida por greves e protestos diários contra a rewforma da Previdência de Macron desde meados do mês de dezembro de 2019.

Compartilhe agora!