Moro impõe censura prévia ao Roda Viva, denuncia Intercept

Publicado em 19 janeiro, 2020

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, impôs censura prévia ao programa Roda Viva que irá entrevistá-lo nesta segunda-feira, dia 20, a partir das 22h. O Blog do Esmael vai transmitir a atração ao vivo.

Segundo informações que circulam nas redes sociais, o ex-juiz da Lava Jato estabeleceu como condição para participar do programa televisivo a aprovação prévia da bancada de entrevistadores.

“Tão bom que Felipe Moura Brasil foi convidado ao Roda Viva para “entrevistar” Sergio Moro. Sei o quão cansativo pode ser entrevistado ao programa e é bom que Moro vai ter alguém para massagear seu pescoço, costas e pés quando o ministro estiver cansado”, ironizou o jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil.

Além de Moura Brasil –‘para massagear pescoço, costas e pés do ministro da Justiça’–, o Roda Viva ainda contará com participação dos seguintes jornalistas:

  • Alan Gripp – O Globo;
  • Andreza Matais – Estadão;
  • Leandro Colon – Folha de São Paulo; e
  • Malu Gaspar – Revista Piauí, Malu Gaspar.

A “bancada amiga” de Sérgio Moro será comandada pela jornalista Vera Magalhães, que estreia no programa amanhã.

Preterido de participar na bancada de entrevistadores, o Intercept promete “transmissão paralela” da entrevista com o ex-juiz.

Em 9 de junho passado, o Intercept inciou uma série de reportagens denominada “Vaza Jato” com base em mensagens vazadas do Telegram de procuradores da força-tarefa e do ex-juiz Moro.

Em diversos momentos, Greenwald sustentou publicamente que Sérgio Moro é “criminoso” e que transformou o cargo de juiz, em conluio com a Lava Jato, num trampolim político.

Ainda com base nos arquivos do Telegram, o jornalista americano afirma que Moro e o coordenador da força-tarefa Deltan Dallagnol prenderam o ex-presidente Lula para garantir a vitória eleitoral de Jair Bolsonaro (sem partido) na eleição de 2018.

LEIA TAMBÉM
Roda Viva com Sérgio Moro será transmitido na segunda-feira pelo Blog do Esmael

UNE exige demissão de ministro da Educação por discurso nazista; assista

Nas redes sociais: Internautas lembram ‘passado comunista’ de Regina Duarte