Lula recomenda livro a Bolsonaro para aprender como não deixar 2 milhões na fila do INSS

O ex-presidente Lula (PT) usou o Twitter nesta quinta-feira (16) para criticar a decisão do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de recrutar militares reformados para acabar com as filas do INSS. Hoje, mais de 2 milhões de brasileiros esperam por atendimento previdenciário.

“Vi no jornal que vão requisitar 7 mil soldados reformados em uma força tarefa para resolver a fila do INSS. Ora, tem tanta gente desempregada, por que pegar os aposentados pra fazer?”, questionou Lula.

LEIA TAMBÉM:
Apesar das filas no INSS, Bolsonaro anuncia privatização do Dataprev

Bolsonaro é responsável por mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019, aponta relatório

PSOL aciona Justiça pela demissão imediata do secretário de Comunicação de Bolsonaro

Lula ainda recomendou que Bolsonaro faça a leitura do livro “Virada de Gestão”, publicação feita pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) em 2013 que reúne as medidas que levaram o seu governo a extinguir as filas do INSS.

“O Bolsonaro disse que livro ‘tem muita coisa escrita’, mas vale a leitura para aprender como não deixar 2 milhões de brasileiros esperando resposta da previdência”, alfinetou o ex-presidente.