Jack Ma, fundador do Alibaba, doa US$ 170 milhões para combate ao coronavírus


O bilionário chinês Jack Ma, fundador da corporação Alibaba, anunciou que vai doar mais US$ 14 milhões — aproximadamente R$ 60 milhões, na cotaçãoa atual — para financiar o combate ao Coronavírus. Ma, que atualmente é o homem mais rico da China, prentende destinar ainda US$ 5,8 milhões para as Academias Chinesas de Ciência e Engenharia. O restante será entregue para pesquisadores em diferentes países que realizam estudos sobre a doença.

No último sábado (25), o magnata chinês já havia anunciado doação de US$ 144 milhões para comprar insumos médicos para a províncias de Wuhan e Hubei, epicentro da transmissão do vírus.

A soma das contribuições já feitas e anunciadas perfazem cerca de US$ de 170 mihões.

A corporação também ofereceu acesso gratuito a tecnologias de inteligência artificial para organizações de pesquisa científica que buscam por uma vacina e outros tratamentos.

Jack Ma se aposentou do grupo Alibaba em setembro de 2019.

LEIA TAMBÉM:

Coronavírus: Brasil tem 9 casos suspeitos´

China inaugura hospital para tratar coronavírus após 48 horas de construção

Rússia e China estão trabalhando em vacina contra o coronavírus, diz consulado russo

*Com informações de Agências internacionais