Itamaraty pede à Rússia extradição de autor de atentado contra Porta dos Fundos

O Itamaraty entrou em contato com autoridades russas para começar os trâmites do pedido de extradição do economista e empresário carioca Eduardo Fauzi Richard Cerquise, um dos responsáveis pelo ataque a produtora de filmes Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, na semana do Natal.

Fauzi foi para Moscou, na Rússia, um dia antes da expedição do mandado de prisão contra ele, no dia 30 de dezembro. O empresário tem família na capital russa: a namorada, de origem russo-israelense, e o filho, de três anos. Para a Justiça brasileira Fauzi é considerado foragido.

LEIA TAMBÉM:
Contra Sérgio Moro, maioria do Supremo aprova juiz de garantias

Zélia Duncan: “Atacar jornalistas e livros é um atestado de ignorância”

Bolsonaro ‘pedalou’ com verbas da previdência para pagar 13° do Bolsa Família

Segundo o jornal O Globo, o Ministério da Justiça encaminhou a documentação referente à extradição de Fauzi ao Itamaraty, que é o responsável por formalizar o pedido às autoridades da Rússia.

Fontes do Itamaraty ouvidas pelo jornal afirmam que emissários brasileiros tiveram um encontro com diplomatas russos na última segunda-feira (6) para tratar do assunto. A extradição deverá sair nos próximos dias.