luciano huck

Huck é mais popular nas redes sociais que Bolsonaro, aponta consultoria

O apresentador de TV Luciano Huck sonha em ser presidente da República.
Um monitoramento da consultoria Quaest, que elabora desde janeiro do ano passado o Índice de Popularidade Digital (IDP), mostra que o apresentador Luciano Huck ultrapassou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em popularidade nas redes sociais.

Segundo o levantamento, que foi feito entre 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019, Huck ocupa o topo do ranking com índice de 75,36. Bolsonaro ficou com 66,24. Em seguida vem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 29,09. Um mês antes, Bolsonaro tinha IDP de 76,62, Huck, 36,89 e Lula alcançava 36,38.

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro manda BC ‘torrar’ US$ 3 bilhões das reservas do Brasil, após disparada do dólar

Secretário de Educação Superior caiu; Weintraub respira por aparelhos

Perdoado por Moro, Onyx Lorenzoni também está demissionário no governo Bolsonaro

A sondagem da consultoria considera cinco dimensões: fama dos personagens públicos (número de seguidores), engajamento (comentários e curtidas por postagem), mobilização (compartilhamento das postagens), valência (reações positivas e negativas às postagens) e presença (número de redes sociais em que a pessoa está ativa). São observadas variáveis nas três principais plataformas (Facebook, Instagram e Twitter), em análises mensais.

Segundo relatório da Quaest, o desafio de Huck é convencer seus seguidores de que ele pode desempenhar um papel na política, visto que, até o momento, seus fãs preferem o apresentador de TV.

Com informações da Folha.