paulo guedes 2

Guedes em Davos para ‘vender’ o Brasil

Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes, está em Davos na Suiça para o encontro do Fórum Econômico Mundial, que começa nesta terça-feira (21) e se estende até o dia 24, na próxima sexta-feira. O principal mote da participação de Guedes no evento é tentar vender o Brasil como um paraíso para os investidores e especuladores internacionais.

O secretário de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Matar, declarou que “Guedes vai ter o que mostrar” em Davos. Ou seja, o ministro de Bolsonaro vai oferecer as oportunidades abertas pelo pacote de privatizações de empresas estatais, dos campos de petróleo do pré-sal e do setor da construção civil pesada e de infraestrutura.

Salim Mattar anunciou que a meta do governo Bolsonaro este ano é vender cerca de 300 ativos públicos e a principal meta é a privatização da Eletrobrás, a maior companhia elétrica da América Latina, responsável por um terço do parque gerador brasileiro e quase metade de todo o sistema da transmissão do país.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro, com medo de protestos, reavalia ida ao Fórum Econômico de Davos

Governo Bolsonaro sabia do apagão que viria no INSS há 6 meses

Análise: o sono venceu na entrevista com Moro

Guedes talvez enfrente algum nível de questionamento sobre as queimadas na Amazônia e da ocupação de terras indígenas por madereiros, pecuaristas e mineradores no extremo norte do Brasil. Ele dirá que são as novas oportunidades para a expansão do capitalismo internacional no país, após os anos de governos “bolivarianos” do PT.