Governo de MG confirma primeiro caso de suspeita de coronavírus no Brasil

Mulher com suspeita de coronavírus está internada no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte.
A Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais confirmou nesta quarta-feira (22) a primeira suspeita no Brasil de infecção por coronavírus, responsável por ao menos 17 mortes na China.

Segundo a pasta, uma paciente brasileira de 35 anos, que voltou do país asiático para Belo Horizonte no último sábado (18), apresentou sintomas “compatíveis com a doença respiratória viral aguda”.

LEIA TAMBÉM:
Damares diz que busca um ‘príncipe encantado’, mas prega abstinência sexual

“É claramente uma tentativa de intimidação”, diz presidenta da FENAJ sobre denúncia do MPF contra Greenwald

Abertura de licitação a estrangeiros é ‘novo golpe’ contra nossas empresas, diz Dilma

“Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo Coronavírus, que é microorganismo de alerta sanitário internacional, considerando o potencial pandêmico com alto risco à vida e impacto assistencial”, diz o comunicado publicado pela secretaria.

Apesar de não apresentar sintomas graves, diz a secretaria, a paciente foi conduzida para o Hospital Eduardo de Menezes.

Segundo a secretaria, a paciente “relatou que não esteve na região de Wunhan [cidade onde foi registrado o primeiro hospedeiro do vírus] e que também não teve contato com pessoa sintomática na China. Os exames capazes de confirmar ou descartar a hipótese diagnóstica encontram-se em andamento em laboratórios de referência.

Com informações do Uol.