Governo Bolsonaro divulga lista de estatais que serão privatizadas


O governo Bolsonaro divulgou nesta quarta-feira (29) uma lista com o calendário de privatização de 16 empresas estatais, entre elas estão a Dataprev, os Correios, EBC, Casa da Moeda e a fabricante de chips Ceitec.

Seis estatais ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e de prestação de serviços de TI para o governo federal serão privatizadas até janeiro de 2022, segundo o secretário especial de Desestatização, Salim Mattar. A afirmação foi feita durante evento realizado em São Paulo para os investidores, no qual o ministro reiterou a meta de vender Telebras, Correios, Ceitec, Serpro e Dataprev ainda em 2021.

No encontro, Mattar disse que, para 2020, a meta é privatizar 300 ativos, com uma projeção de arrecadar R$ 150 bilhões. “Em 2019 ficamos muito focados na reforma da Previdência, este ano a agenda de desestatizações irá caminhar mais”, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Dataprev: Funcionários entram em greve contra demissões e privatização

Apesar das filas no INSS, Bolsonaro anuncia privatização do Dataprev

Funcionários ocupam Casa da Moeda contra privatização

Confira o calendário divulgado pelo governo do “queimão” de importantes empresas públicas para o desenvolvimento do país:

  • Agosto/2020: Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF)
  • Outubro/2020: Empresa Gestora de Ativos (Emgea)
  • Dezembro/2020: Casa da Moeda do Brasil (CMB)
  • Janeiro/2021: Nuclebrás Equipamentos Pesados (Nuclep)
  • Fevereiro/2021: Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec)
  • Abril/2021: Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) e Ceasa MG
  • Junho/2021: Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) e Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp)
  • Julho/2021: Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb) e Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebras)
  • Dezembro/2021: Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios)
  • Janeiro/2022: Empresa Brasil de Comunicação (EBC).