Gleisi ironiza Maia: ‘Não bastava tirar a Dilma’ para gerar empregos


A deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente nacional do PT, ironizou pelo Twitter nesta sexta-feira (31) uma declaração do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que defendeu o projeto de reforma tributária como uma forma de incentivar a geração de empregos.

“Não bastava tirar a Dilma?! Estabelecer o teto de gastos?! Fazer a reforma trabalhista?! Aprovar a reforma da Previdência?! A reforma tributária q precisamos é aquela em que os ricos paguem mais impostos e os pobres menos, ou nenhum!”, escreveu Gleisi com ironia.

A líder petista criticou uma mensagem publicada por Maia no Instagram que dizia: “A reforma tributária é uma agenda urgente para o Brasil. É agora. O nosso sistema tributário precisa de uma solução. É necessário aprovar uma reforma que simplifique esse sistema e atenda a sociedade. É a hora de aprovarmos essas mudanças, que vamos levar ao plenário da Câmara este ano. Defendemos porque sabemos da importância dessas mudanças para o país”.

LEIA TAMBÉM:

Gleisi é a maior opositora ao governo Bolsonaro, diz publicação

Lula recebe homenagem da comunidade judaica

Desemprego em 2019 fecha em 11,9% e precarização cresce, diz IBGE

Maia e o ministro da Economia Paulo Guedes costuram um projeto de reforma tributária para apresentar na volta das atividades do Congresso Nacional.