Estudantes denunciam erros na correção de provas do Enem

Estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em Viçosa (MG) alegam erro na correção das questões.

Eles apontaram um “déficit discrepante” nas notas das provas de Matemática e Ciências da Natureza. A nota, comparada aos acertos do caderno de questões e analisada em relação às pontuações teria sido dada com cerca de 400 pontos a menos do correto.

O caso foi exposto nas redes sociais e o assunto se tornou um dos mais comentados do Twitter com a hashtag #erronoenem.

LEIA TAMBÉM
Movimento Passe Livre denuncia “assédio sexual” de PM contra jovem

Elika Takimoto relembra o tempo em que Gilberto Gil era o ministro da Cultura; assista

Bolsonaro convida Regina Duarte para a secretaria da Cultura

De acordo com os estudantes, pessoas que acertaram cerca de 30 a 45 questões tiveram notas por volta de 300 e 400 pontos, quando deveriam vir na faixa dos 700 a 800.

O Inep descarta possibilidade de erro e afirma que não há possibilidade de reavaliação das notas. Segundo o instituto, a suposta discrepância ocorre devido à adoção da Teoria da Resposta ao Item (TRI).

Com informações do Estado de Minas e O Tempo.