Trump autoriza novo ataque dos EUA e mais seis morrem no Iraque

Publicado em 3 janeiro, 2020

Os Estados Unidos não se contentaram com o ataque que matou na madrugada de hoje (3), em Bagdá, o general iraniano Qassem Soleimani. Segundo agências internacionais de notícias, um novo bombardeio autorizado pelo presidente americano Donald Trump assassinou mais seis iraquianos.

Trump havia declarado mais cedo que não desejaria a guerra, que o assassinato do chefe da guarda revolucionária do Irã fora uma medida preventiva contra o terrorismo. No entanto, ao retomar os bombardeios horas depois mostra que não falou a verdade.

.

As últimas vítimas faziam parte de um comboio médico, segundo a Reuters, citando como fonte o grupo paramilitar Forças Populares de Mobilização do Iraque.

O ataque também ocorreu por meio de drones, a exemplo do que matou Soleimani, mas os EUA ainda não assumiram a autoria do novo bombardeio aéreo.

LEIA TAMBÉM
EUA x Irã: Bolsonaro volta atrás e divulga nota sobre ataque no Iraque

.

A 3ª guerra mundial chegando e o Brasil pedindo: #BolsonaroFicaCalado

EUA atacam aeroporto de Bagdá e matam principal líder militar do Irã

Ao vivo: 3ª Guerra Mundial batendo à porta; e agora, Bolsonaro?

.

Rússia condena assassinato de Soleimani pelos EUA e declara apoio ao Irã

Bolsonaro recruta soldados pela internet. Quem vai em tempo de ameaça de guerra?

EUA x Irã: conflito pode levar o mundo à 3ª Guerra Mundial?

.

Bolsonaro abandona Trump: governo não comentará morte de general iraniano

Glenn Greenwald: ‘Governo dos EUA mata quem quer porque acredita ser dono do mundo’