Dino: “Um vídeo nazista não é apenas ridículo. É perigoso e ilegal”

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou o Twitter nesta sexta-feira (17) para criticar o vídeo de inspiração nazista de Roberto Alvim, secretário de Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Dino afirmou na rede social que “um vídeo nazista não é apenas ridículo. É perigoso e ilegal”.

LEIA TAMBÉM:
Rodrigo Maia diz que Roberto Alvim “passou de todos os limites”

Olavo de Carvalho diz que Roberto Alvim talvez ‘não esteja bem da cabeça’

Sakamoto: “Tá liberado chamar o governo Bolsonaro de nazista”

Para o governador comunista, o fato “desrespeita os judeus no mundo inteiro, inclusive no Brasil”. Ele disse ainda que o vídeo “deve ser objeto de repúdio e de providências no Congresso Nacional e no Poder Judiciário”.

Confira o tuíte de Flávio Dino: