bolsonarodatena

Datena decide até fevereiro se vai disputar prefeitura de São Paulo


O apresentador José Luiz Datena deve adotar uma decisão final sobre a sua candidatura à prefeitura de São Paulo no mês de fevereiro. Após passar por uma cirurgia cardíaca e colocar cinco stents para desobstruir artérias, Datena disse à Veja que sua eventual candidatura “é o que menos importa” neste momento.

“Política fica em segundo plano. “Quero viver mais com meus filhos, netos e minha mulher. […] Não é só uma questão de decisão política. É uma questão de vida” declarou Datena.

“Salvaram minha vida. Era uma bomba-relógio. Poderia morrer, cair duro a qualquer momento. Coração é imprevisível”, disse.

Datena afirmou ainda que deve tomar uma decisão definitiva sobre a candidatura até “meados de fevereiro”.

Em 2018, o apresentador quase disputou uma vaga ao Senado por São Paulo, chegando a ter 33% das intenções de voto, segundo o Datafolha. Na última hora, recuou, afirmando não estar preparado para ajudar o país e que ainda não era a hora de ser candidato.

LEIA TAMBÉM:

Ria se puder: Marcelo Adnet ‘incorpora’ Sério Moro; assista

Ministro da falta de Educação diz que foi o “melhor Enem de todos”, assista

Rússia e China estão trabalhando em vacina contra o coronavírus, diz consulado russo

Datena foi sondado por Bolsonaro para disputar a prefeitura como candidato governista. Além dele, o ex-governador paulista Márcio França (PSB) e o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) também convidaram o apresentador para concorrer por seus respectivos partidos.

Ex-petista, Datena sinaliza, mais uma vez, que não vai entrar na política neste ano de eleiçôes municipais.