Bolsonaro ironiza relatório da Fenaj: “KKKKKKKKKKKKKKK”


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ironizou nas redes sociais o fato de ter sido apontado por um levantamento da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) como responsável por mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019.

Na noite deste domingo (19), ao compartilhar no Twitter e no Facebook uma notícia do site Uol sobre o assunto, o presidente deu imensa gargalhada: “KKKKKKKKKKKKKKK. – HAHAHAHAHAHAHA. – KKKKKKKKKKKKKKK”.

LEIA TAMBÉM:
Chefe da Comunicação de Bolsonaro se enrola cada vez mais

Alvim: “Começo a desconfiar de uma ação satânica em toda essa horrível história”

Enem 2019 pode ser anulado por erros; Weintraub pode ser demitido do MEC

Segundo o relatório da Fenaj divulgado na última quinta-feira (16), Bolsonaro foi responsável por 121 das 208 ocorrências de ataques a jornalistas no ano passado.

O monitoramento da entidade mostrou ainda que a ascensão de Bolsonaro à presidência afetou a liberdade de imprensa no Brasil, já que, em 2019, o número de casos de ataques a veículos de comunicação e a jornalistas aumentou 54,07% em relação a 2018, quando foram anotadas 135 ocorrências.