Bolsonaro foge de coletiva após pergunta sobre irregularidade na comunicação

O presidente Bolsonaro fugiu de uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (15) após pergunta sobre denúncia de irregularidade na Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom).

É que o Chefe da Secom, Fabio Wajngarten, recebe por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, além dos ministérios e estatais do governo Bolsonaro.

O presidente, com a habitual finesse, abandonou a coletiva por volta dos 7 minutos. Assista:

Haverá explicação desta vez, ou será mais um “passa-pano” do governo?

LEIA TAMBÉM
Secretário de Comunicação de Bolsonaro recebe das emissoras de TV

Glenn Greenwald a Marcelo Tas: ‘eu sei o que você fez no verão passado’

Marcelo Tas ataca Glenn Greenwald no Twitter por causa do Roda Viva

ONG denuncia Bolsonaro por incentivar execuções e queimadas na Amazônia