Bolsonaro acusa Witzel e Globo de plantarem contra ele no Caso Marielle

Reprodução.
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acusou o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), e a Rede Globo, de plantarem notícias contra ele no Caso Marielle.

“Muito obrigado, governador, pelo trabalho que vocês estão fazendo aí. Justiça vai ser feita, mas a Justiça tua aí, um setor do judiciário. No mínimo o que está acontecendo no Rio de Janeiro é obstrução da Justiça”, ameaçou Bolsonaro.

Segundo o presidente da República, o governador fluminense “fica plantando essas notícias no Jornal Nacional” da TV Globo.

Durante uma live (transmissão online) nas redes sociais, Jair Bolsonaro disse ainda que tem suas suspeitas de quem matou a vereadora Marielle Franco, em março de 2018, mas não declinou nenhum nome. “Suspeitas apenas, né?”, emendou.

Bolsonaro afirmou que o governador Witzel sabe que ele não está envolvido na morte de Marielle e seu motorista Anderson Gomes, mas também sabe do desgaste que essa suspeita gera.

O presidente Jair Bolsonaro também eximiu seus filhos suspeitos de ilícitos. Segundo o mandatário, eles estão sendo perseguidos pelo Ministério Público do Rio.