Agente da CIA que matou Soleimani teria sido morto por Talibãs

A imprensa iraniana noticia que o oficial da Agência Central de Inteligência (CIA) dos EUA, Michael D’Andrea, foi morto em um avião que teria sido abatido por Talibãs no Afeganistão.

D’Andrea foi responsável pelo assassinato do general iraniano Qasem Soleimani e dos integrantes do seu comboio, no Iraque, em 3 de janeiro.

Segundo a mídia iraniana, ele está entre as vítimas da queda de um avião militar norte-americano, que os talibãs dizem ter abatido no início da semana, na região de Ghazni, a cerca de 900 quilometros da fronteira iraniana.

LEIA TAMBÉM
Agente da CIA responsável por ataque a Soleimani é morto no Afeganistão

Mísseis atingem região da Embaixada dos EUA em Badgá, no Iraque

55% acham que apoio do Brasil aos EUA pode trazer consequências negativas, aponta pesquisa

D’Andrea seria é a mais relevante figura da CIA no Oriente Médio, tendo sido responsável por operações no Iraque, Irã e Afeganistão. Segundo a imprensa estrangeira, a agência refere-se a D’Andrea como “Ayatollah Mike” ou “o príncipe das Trevas”.

D’Andrea também seria considerado o cérebro do assassinato do dirigente do Hezbollah libanês Imad Mughniyeh, em 2008.

Com informações da Agência Brasil.