Trump grita no dia do impeachment: ‘Não vai ter golpe!’

Publicado em 18 dezembro, 2019
Compartilhe agora!

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, numa das últimas ofensivas, gritou numa carta à congressista Nancy Pelosi: ‘Não vai ter golpe!”

Porém, ao que tudo indica, vai sim ter golpe na terra de Tio Sam.

A Câmara dos Estados Unidos deve votar e aprovar nesta quarta-feira (18) o impeachment de Trump.

Para que Donald Trump sinta o bafo do cramulhão na nuca, além de a Câmara votar a favor, é preciso que o Senado também aprove o impeachment.

Diferente da Câmara, que é controlada pelos democratas, o Senado tem maioria republicana –partido de Trump.

LEIA TAMBÉM
Trump abre o bico na véspera do impeachment

Janja Moro foi preterida por instituto de pesquisa

Empresário confessa propaganda ilegal para Bolsonaro em 2018; assista

O impeachment só passa no Congresso americano se, depois de aprovado na Câmara, o senado dê dois terços a favor o afastamento. Nessa hipótese, Donald Trump perde o mandato.

Grosso modo, o processo de impeachment nos EUA tem o rito bastante parecido com o do Congresso Nacional Brasileiro.

Enquanto isso, o presidente estadunidense continua a gritar: ‘não vai ter golpe, vai ter luta!’

Trump é acusado de dois crimes:

  • Abuso de poder ao pedir investigação contra a família de Joe Biden, o que os deputados consideraram “interferência de um governo estrangeiro” em favor da reeleição de Trump em 2020;
  • Obstrução ao Congresso por ignorar intimações e se recusar em entregar documentos aos investigadores durante o inquérito.
Compartilhe agora!