ministro dias toffoli 27062018072747092

Toffoli manda Bolsonaro repassar recursos do Fundo de Segurança

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, determinou hoje (27), que o governo federal faça a transferência de 50% dos recursos bloqueados do Fundo Nacional de Segurança Pública. O valor estimado é R$ 1,1 bilhão.

Na liminar, o ministro atendeu pedido de vários estados, que alegam ter direito ao repasse em função da Lei 13.756/2018, que alterou as regras para gestão do fundo.

“Entendo que o modelo constitucional de federalismo cooperativo exige da União a observância das regras de repartição de recursos com as demais entidades políticas nacionais, sob pena de incorrer em infidelidade federativa”, argumentou o ministro.

LEIA TAMBÉM
Moro pode deixar governo Bolsonaro até julho de 2020

Abraham Weintraub só deu uma dedada errada, diz Bolsonaro; assista

Weintraub apaga tuíte atacando Bolsonaro, mas incendeia as redes

A decisão foi tomada de forma liminar devido ao período de recesso na Corte, que termina em fevereiro. Após o retorno ao trabalho, o caso será encaminhado para relatora do processo, ministra Rosa Weber.

Os Estados argumentaram que sem os repasses havia “risco irreparável para toda a população brasileira, ante o notório quadros de criminalidade violenta e a aproximação do final do ano”.

Com informações da Agência Brasil.