requiao juizes

Requião desconfia do ‘juiz das garantias’ num regime autoritário

Requião indaga: e se a juíza Carolina Hardt fosse a ‘juíza das garantias’ na Lava Jato?
O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), autor do projeto de abuso de autoridade, vê com desconfiança o ‘juiz das garantias’ num regime autoritário.

Para o emedebista, sem legislação que proteja de fato os cidadãos, o segundo juiz funcionará como um segundo executor da pena. Ou seja, o ‘juiz das garantias’ referendaria corporativa e politicamente mente uma sentença contra o réu.

Evidentemente, Requião se refere às condenações no âmbito dos partidos e das lideranças que fazem oposição ao projeto neoliberal. Ele usa como paradigma a atuação partidarizada e seletiva da Lava Jato.

“O que vale é legislação garantista”, afirma o ex-senador, ao lembrar da castigada e torturada Constituição Federal da República.

LEIA TAMBÉM
Brasil é uma nação de 77 milhões de desocupados, segundo o IBGE

Vaza Jato: Delação de Cunha atormenta Moro, Dallagnol e Lava Jato

Número de armas de fogo registradas por pessoas físicas aumenta 23,5% em 2019