Ratinho Jr. quer destruir a Educação de Jovens e Adultos na qual se formou

Publicado em 5 dezembro, 2019
Compartilhe agora!

Circula nas redes sociais uma cópia do histórico escolar do ensino médio de Carlos Roberto Massa Junior, o Ratinho Junior, atual governador do Estado do Paraná.

Há muitos comentários sobre as notas do jovem que concluiu essa fase escolar há 20 anos. Mas elas nem eram tão baixas assim; afinal, ele concluiu o curso.

O que chama a atenção de verdade é o fato de Ratinho Júnior ter concluído seu ensino médio no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) Paulo Freire. E agora, como governador, ele está tomando medidas que podem por fim a essa modalidade de ensino tão importante para atender os trabalhadores que não puderam concluir os estudos na época normal.

Acima, parte da imagem do histórico do governador. Omitimos a parte com as notas.

Pois o governo do Estado estabeleceu uma série de mudanças no funcionamento da Educação de Jovens e Adultos que, segundo a APP-Sindicato, entidade que representa os educadores do Paraná, será o “começo do fim do EJA”.

Entre as medidas está o congelamento e padronização de cronogramas, redução de tempo de estudos, diminuição de disciplinas, priorização da profissionalização ao invés da escolarização, adoção quase total de ensino a distância.

Será que a experiência do jovem Ratinho foi tão ruim que agora ele quer se vingar? Conversar com os professores poderia ajudar…

Mas, pensando bem, depois da sacanagem com as aposentadorias, a conversa pode ser tensa.

LEIA TAMBÉM
Ratinho aprova reforma da previdência por 44 votos a 8 na ALEP; assista ao vídeo

Ex-governadores do Paraná perdem benefício da aposentadoria vitalícia

Delação de hacker inocenta Glenn Greenwald e Manuela D’Ávila

Compartilhe agora!