PSOL quer saber se Moro tentou defender senadora cassada por corrupção no TSE

O líder do PSOL na Câmara, deputado Ivan Valente (SP), apresentou um requerimento ao Ministério da Justiça pedindo informações sobre a agenda do ministro Sérgio Moro.

O parlamentar quer saber se o ministro da Justiça realizou algum encontro ou reunião com integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro e quais os temas tratados nos encontros.

LEIA TAMBÉM:
Camila Pitanga apóia chapa de mulheres do MTST em São Paulo

Deputado bolsonarista quer acabar com o 13º salário

Falta de Educação de Bolsonaro vai acabar com a TV Escola

O pedido foi feito um dia depois de reportagem divulgada na imprensa que apontava a atuação direta de Moro sobre ministros do TSE para tentar convencê-los da inocência da senadora Selma Arruda (Podemos-MT).

A grave ação do ministro da Justiça, que pode ter agido como advogado direto de uma condenada por corrupção, não adiantou. Na última terça-feira (10), a Corte cassou o mandato da senadora por abuso de poder econômico e prática de caixa dois na campanha de 2018. Selma Arruda é conhecida como “Moro de saias”, em referência a sua atuação quando era juíza em Mato Grosso.

Com informações do PSOL.