O Sul é o País de Bolsonaro, segundo a Paraná Pesquisas

A Paraná Pesquisas vê ‘identitarismo’ entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a região Sul do País, que sustenta sua política ultradireitista.

Em apertada síntese, o identitarismo tem a ver com os supremacistas brancos e neofascistas cujos movimentos tiveram origem na Europa (Identitarian movement).

Vamos aos números “favoráveis” ao presidente da República no Sul do Brasil.

Segundo o instituto, Jair Bolsonaro tem 63,2% de aprovação no estado de Santa Catarina, ante 31,8% que o desaprova. O levantamento foi realizado entre os dias 17 de 20 de dezembro de 2019.

Na capital paranaense não é diferente. O capitão tem 57% de aprovação em Curitiba, em sondagem feita nos dias 11 e 13 de deste mês.

Mas nem tudo está perdido para a esquerda sulista. Em Porto Alegre, de acordo com a Paraná Pesquisas, os que desaprovam Bolsonaro já passaram os que aprovam: desaprovam 47,9% x 47,0% que aprovam. A pesquisa se deu entre 16 e 19 de dezembro.

Os porto-alegrenses também dão vantagem para Manuela D’ávila (PCdoB) na corrida pela Prefeitura local, para o desespero da extrema-direita neoliberal.

LEIA TAMBÉM
Venezuela acusa Bolsonaro por ataque às forças militares bolivarianas

Lula deixa Bolsonaro no vácuo

Bolsonaro extingue 14 mil cargos e proíbe concursos públicos no País