MP denunciou soldado da PM pela morte da menina Ágatha Felix

Publicado em 3 dezembro, 2019
Compartilhe agora!

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou um soldado da Polícia Militar pela morte da menina Ágatha Vitória Felix, ocorrida no dia 20 de setembro, no Complexo do Alemão.

O soldado Rodrigo José de Matos Soares foi denunciado por homicídio qualificado. O MP também pediu à Justiça o afastamento do policial das ruas e a suspensão da autorização de portar de arma de fogo.

Ele está proibido de manter contato com as testemunhas e de ausentar-se da cidade do Rio e tem de comparecer periodicamente ao Juízo.

LEIA TAMBÉM
Estas imagens de extrema violência justificam o fim da Polícia Militar; confira

Assista ao vídeo do momento da invasão da Assembleia Legislativa do Paraná

Bolsonaro amplia a pobreza e apela ao terror como saída, por Milton Alves

De acordo com a denúncia o PM atirou de fuzil contra duas pessoas não identificadas que estavam em uma moto e seriam traficantes, mas a bala atingiu um poste e um fragmento do projetil acabou acertando a pequena Ágatha, que estava ao lado da mãe, em uma kombi que fazia o transporte de passageiros na localidade.

“O crime foi cometido por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas, em momento pacífico na localidade, com movimentação normal de pessoas e veículos”. diz o Ministério Público.

A denúncia ressalta que a investigação, conduzida pela Polícia Civil, rechaçou a tese de legítima defesa apresentada pelo soldado Rodrigo, já que não houve nenhuma agressão aos policiais, ficando assim demonstrado que “a ação violenta foi imoderada e desnecessária”.

As informações são da Agência Brasil.

Compartilhe agora!