Moro ao lado de corruptos e assassinos na lista do Financial Times

O jornal britânico soltou ontem (24) a lista das 50 personalidades da década, mas não entrou no mérito do que elas tenham feito. Para o bem ou para o mal, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, figura ao lado de corruptos, assassinos, estadistas, empresários, artistas, etc., como um dos bambambans.

O príncipe Mohammed bin Salman, ditador da Arábia Saudita, também foi agraciado pelo FT. Ele é acusado pelo assassinato brutal do jornalista Jamal Khashoggi no consulado do país em Istambul, na Turquia.

Na lista que não entrou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem, por exemplo, os presidentes da Rússia (Vladimir Putin), dos EUA (Donald Trump) e da Turquia (Recep Tayyip Erdogan).

Ao menos os presidentes da Turquia e da Rússia são apontados como ditadores, de fazerem governos obscuros, e de não respeitam a pluralidade das ideias nem a liberdade de expressão em seus respectivos países.

O desafeto de Bolsonaro, Emmanuel Macron, da França, igualmente está nesta lista das personalidades do FT.

É essa turma “boa” que faz companhia a Moro na lista das 50 personalidades da década.

Mais importante ainda é que o Financial Times destaca o ex-juiz Sérgio Moro como candidato à Presidência da República em 2022, contra o presidente Jair Bolsonaro.

Anote aí, caro leitor, Bolsonaro será chifrado muito em breve pelo ministro da Justiça.

Moral da história: sabe o que significa Moro ser eleito uma das 50 personalidades dos anos 10 pelo Financial Times? Absolutamente nada. Basta ver as pesquisas, no Brasil, que indicam a aprovação do ‘ex-caçador de corruptos’ despencando ladeira abaixo.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro e Moro criaram o ‘indulto pro milícia’ neste Natal

Paraná Pesquisas: Aprovação de Sérgio Moro despenca 23% em apenas um ano

Sede da Porta dos Fundos sofre atentado com ‘coquetéis molotov’ nesta terça

Confira a lista completa das 50 personalidades da década, segundo o Financial Times:

Política
Abiy Ahmed
Recep Tayyip Erdogan
Nigel Farage
Mohamed Bouazizi
Irmãos Koch
Emmanuel Macron
Angela Merkel
Narendra modi
Sérgio Moro
Barack Obama
Vladimir Putin
Mohammed bin Salman
Edward Snowden
Qassem Soleimani
Aung San Suu Kyi
Donald Trump
Joshua Wong
Xi Jinping
Malala Yousafzai

Economia, negócios e tecnologia
Bernard Arnault
Jeff Bezos
Tim cook
Jamie Dimon
Mario Draghi
Larry Fink
Bill e Melinda Gates
Reed Hastings
Elizabeth Holmes
Kylie Jenner
Travis Kalanick
Haruhiko Kuroda
Christine Lagarde
Jack Ma
Sergio Marchionne
Aubrey McClendon
Elon Musk
Thomas Piketty
Ren Zhengfei
Margrethe Vestager
Susan Wojcicki
Mark Zuckerberg

CULTURA, MÍDIA, ESPORTE E CIÊNCIA
David Attenborough
Jennifer Doudna
Kevin Feige
Rose McGowan
Cristiano Ronaldo vs Lionel Messi
Rupert Murdoch
Grigory Rodchenkov
Taylor Swift
Serena Williams

Diz o adágio popular: “diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és”.