‘Me pediram a cabeça de Paulo Guedes’, revela Bolsonaro em entrevista

Publicado em 3 dezembro, 2019
Compartilhe agora!


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou que sofreu pressão dentro do governo para demitir o ministro da Economia, Paulo Guedes, depois da sugestão (de Guedes) sobre a decretação de um novo AI-5 para conter futuros protestos populares.

A revelação do presidente foi feita durante entrevista na TV Record nesta segunda-feira (2). “Agora, pediram a cabeça de Paulo Guedes pra mim quando ele falou em um contexto de o Brasil descambar para movimentos que passavam longe de serem direitos sociais, que são os reivindicatórios, legítimos para a população. Então aqueles que querem a cabeça do Paulo Guedes, ou pediram, foi com o objetivo de nos desestruturar na questão econômica”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Meirelles abre fogo em Guedes: “AI-5 deixa investidores inseguros”

Eduardo Bolsonaro será punido por defender AI-5, diz jornalista

PSOL aciona PGR e Comissão de Ética da Presidência para punir Paulo Guedes por ameaça de AI-5

Além de Guedes, o deputado federal Eduardo Bolsonaro também pediu a decretação de um “novo AI-5” e foi levado à Comissão de Ética da Câmara dos Deputados pela irresponsável e criminosa declaração.

Compartilhe agora!