MBL faz campanha a favor de empresários sonegadores de impostos

Compartilhe agora


O Movimento Brasil Livre (MBL) lançou a campanha “Empresário não é bandido” para fazer frente à decisão da maioria do Supremo, que entendeu como crime o não pagamento de ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços fonte de receita dos municípios brasileiros.

O grupo lançou um site, no qual empresários sonegadores de impostos poderão se organizar e receber assistência jurídica. A expectativa do MBL é mobilizar 10 mil pessoas no site e organizar protestos em Brasília, informa a coluna Painel na Folha de São Paulo.

LEIA TAMBÉM:

‘Efeito Flamengo’ ameaça projeto eleitoral de Marcelo Freixo em 2020

Sem-terra e quilombolas se formam em Direito na UFPR

Especialista em ‘fake news’ foge do Brasil após ameaças de bolsonaristas

Os deputados Patrícia Ferraz (PL-AP) e Kim Kataguiri (DEM-SP) também avaliam apresentar projeto de lei para reverter a medida no Congresso.