Especialista em ‘fake news’ foge do Brasil após ameaças de bolsonaristas

O pesquisador brasileiro David Nemer, que tem sido dedicado a estudar a disseminação de notícias falsas pelo aplicativo WhatsApp, decidiu deixar São Paulo às pressas.

Ele vem recebendo constantes ameaças por e-mail. No caso mais recente, Nemer recebeu uma mensagem anônima, com uma foto sua, tirada no parque que frequentou dias antes. “Sabemos que você está em São Paulo – é melhor você ter cuidado”, dizia a mensagem.

Nemer vive nos Estados Unidos, e trabalha no Departamento de Estudos de Mídia da Universidade de Virgínia. Se mudou recentemente à capital paulista para incluir o Brasil em seus estudos.

“Eu venho pesquisando e monitorando a rede de fake news pró-Bolsonaro. Essa rede é mantida por um grupo chamado de MAV, Movimento Ativista Virtual, ou milícia virtual”, conta o professor.

O pesquisador relata que a primeira mensagem nesse tom foi recebida em agosto: “Você acha que está salvo aí nos EUA?… Eduardo Bolsonaro, o nosso 03, vai ser o nosso embaixador e você tá fudido”.

LEIA TAMBÉM
Site divulga as principais fake news sobre Lula que estão circulando nas redes

Globo admite volta da inflação sob Bolsonaro, mas esconde a recessão

Bolsonaro diz que TV Escola “deseduca” e chama Paulo Freire de “energúmeno”

As informações são da Revista Fórum.