Bolsonaro quer o fim das cotas para contratação de deficientes nas empresas

Publicado em 3 dezembro, 2019
Compartilhe agora!

O governo Bolsonaro encaminhou ao Congresso o Projeto de Lei 6.195/2019 desobrigando as empresas de cumprirem cotas de contratação de pessoas com deficiência. No lugar da inclusão de trabalhadores, os empresários poderão pagar uma taxa ao governo.

O projeto ainda permite a inclusão de aprendizes entre funcionários com deficiência e a contagem em dobro quando da contratação de um trabalhador com deficiência grave. Mas sem especificar o que seria ou quem definiria o que é deficiência grave.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro amplia a pobreza e apela ao terror como saída, por Milton Alves

Vídeo de mulheres chilenas contra violência emociona o mundo; confira

Estudantes farão protesto pelo massacre de Paraisópolis

Deputados da oposição vão se reunir nesta terça-feira (3) para definir uma estratégia para barrar mais esse ataque aos direitos da população. Hoje também é o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

Pura maldade.

Com informações da Revista Fórum.

Compartilhe agora!