43% dos consumidores dizem que seu poder de compra diminuiu, revela pesquisa SCPC

Publicado em 14 dezembro, 2019
Compartilhe agora!

Papais Noéis verde-amarelo, símbolos da ascensão da direita no País, desapareceram com a crise neoliberal de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes.
A Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), criada há 64 anos, afirma em pesquisa que 43% dos consumidores disseram que seu poder de compra e de pagamento das contas diminuíram em relação ao ano passado.

Esse levantamento do SCPC é flagrantemente contraditório com a euforia da Rede Globo, que, em seus telejornais, repete à exaustão o aumento da atividade econômica não havido no País.

Os jornalões –Folha de S. Paulo, Estadão, O Globo, et caterva — também macaqueiam a falsa tese na TV Globo do “superaquecimento” da oferta e da procura de produtos.

A recessão é tão nítida que o nível de emprego no Brasil é o pior que existe em todo o planeta terra. Oficialmente são 13 milhões de pessoas desempregadas, mas há 12 milhões sem carteira assinada (subemprego) e incríveis 40 milhões informalizados e uberizados (precarizados). Esses números negativos representam a metade (50%) da população economicamente ativa.

Essa percepção do consumidor é importante para os serviços de crédito porque aponta a tendência do comportamento nos meses seguintes. No caso concreto, a julgarmos pela Boa Vista SCPC, vem aí mais recessão, aumento de miséria e de sofrimento para o andar de baixo.

LEIA TAMBÉM
Advogados do Grupo Prerrogativas acusam Moro de conspiração contra o STF

Lula tem que “afrouxar a tanga” para o capital privado, prega governador da Bahia

Deltan Dallagnol espera para 2020 mais Lava Jato e… mais palestras

Fachin vota contra o fim do seguro obrigatório DPVAT

No que se refere à vida financeira, a percepção atual dos consumidores apresenta alguns sinais de melhora, apesar de não ser uma das mais otimistas. É o que constatou a Boa Vista em um novo recorte da Pesquisa Hábitos de Consumo, realizada entre os meses de outubro e novembro, com cerca de 1.300 entrevistados, em todo o Brasil, com a intenção de identificar a percepção frente às suas finanças pessoais e às perspectivas para o próximo ano.

A pesquisa da Boa Vista verificou ainda um aumento de 12 p.p. no número de consumidores que têm o entendimento de que a economia hoje está melhor em comparação ao ano anterior, passando de 12% em 2018 para 24% em 2019.

Gastos que pesam mais
Para 34% dos consumidores, foram os gastos com a alimentação (desde as compras de supermercado até as despesas com alimentação fora de casa), que mais pesaram no bolso. Em 2018, 27% fizeram essa alegação. Em segundo lugar apareceu o aumento nos gastos com moradia, aluguel e condomínio (de 10% para 13%, na comparação anual), empatados com as despesas com combustível e energia elétrica (de 23% para 13%, também na comparação anual).

Diante da atual situação econômica, 75% dos consumidores declararam ter adotado hábitos de compras diferentes dos que estavam habituados, com intuito de economizar. Como resultado da mudança de atitude frente à crise econômica e financeira, 32% dos consumidores conseguiram reduzir os gastos com alimentação (contra 27% em 2018). Outros 16% reduziram os gastos com lazer (contra 33%), com moradia 9% (contra 3%), luz 11% (contra 10%), combustível 9% (contra 8%), impostos e educação, respectivamente com 5% (contra 2% no ano passado).

Para 2020, 92% dos consumidores esperam que a vida financeira esteja melhor, se comparada ao momento atual. Esta opinião se mantém praticamente igual a de 2018.

Metodologia
A pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo da Boa Vista tem como identificar os costumes de compras dos consumidores, suas preferências e formas de pagamento usadas para quitar uma compra. Com metodologia quantitativa, a pesquisa foi realizada entre os meses de outubro e novembro de 2019, com 1.300 consumidores que acessam o site Consumidor Positivo da Boa Vista – www.consumidorpositivo.com.br e que também responderam aos seus questionários eletrônicos. Para a leitura dos resultados considerar 3% de margem de erro e 95% de grau de confiança.

Sobre o SCPC
Boa Vista Serviços é uma empresa de informações de crédito que administra um banco de dados que reúne informações comerciais e cadastrais de mais de 130 milhões de empresas e consumidores com abrangência nacional.

Compartilhe agora!