UNE promete ‘contra-ataque’ às ameaças de Bolsonaro e Weintraub


A direção da União Nacional dos Estudantes (UNE) decidiu um conjunto de diretrizes para enfrentar a ofensiva do governo Bolsonaro contra a educação pública nos próximos meses. A UNE promete uma “política de contra-ataques” a partir de cada ação do governo Bolsonaro contra as universidade.

“A entidade vai lançar uma campanha em defesa da educação que vai abarcar a realização de festivais culturais nas calouradas em diversas universidades do país do próximo semestre. Será uma ação de ‘contra-ataque’ às ameaças e a censura que as universidades têm recebido”, indicou o presidente da entidade, Iago Montalvão.

A UNE também vai promover um ato no Congresso Nacional sobre o orçamento do novo FUNDEB – um fundo de financiamento da educação básica – ameaçado pela política de destruição pelo governo Bolsonaro.

Haverá ainda ações contra o AI-5, no dia 13 de dezembro quando o decreto mais nefasto da nossa história faz 51 anos.

LEIA TAMBÉM:

Weintraub provoca a UNE e lança carteira estudantil bolsonarista

Haddad sobre AI-5 de Guedes: “Um governo de covardes, sob todos os aspectos”

Globo cancela festa de fim de ano dos funcionários

Sobre a carteira estudantil, a entidade continua fazendo a campanha pela adesão da carteirinha da entidade em concorrência com a ID lançada pelo governo Bolsonaro nesta segunda-feira (25).

*Com informações do site da UNE