Presidente do PT divulga nota de repúdio a supermercado bolsonarista por boicote à Globo

Publicado em 3 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O presidente estadual do PT do Paraná, deputado Arilson Chiorato, divulgou nota de repúdio na noite deste domingo (3) contra a rede de supermercados Condor, de Curitiba, que informou o cancelamento de anúncios na TV Globo.

A empresa bolsonarista usou o termo “era negra” para se referir aos governos petistas de Lula e Dilma Rousseff.

“Essa será nossa posição, até que a emissora assuma uma postura mais justa, de acordo com a vontade da maioria da população, que elegeu o nosso atual presidente, pois na era negra em que vivemos sob a administração petista, a emissora não agia da mesma forma”, avisou o Condor.

Para o dirigente do PT paranaense, a utilização de termos pejorativos pelo Grupo Condor desvaloriza a população negra do estado e do País.

“É inadmissível que ainda nos dias de hoje, com o avanço nas políticas afirmativas para o povo negro, com a inserção do ensino afro-brasileiro nas escolas, as pessoas ainda empreguem as palavras de forma a insultar toda uma população”, diz um trecho da nota assinada pelo deputado Arilson.

O presidente estadual do PT, no entanto, jura que não se trata de defender a Globo “até porque também acreditamos que eles [a emissora] possuem grande responsabilidade sobre a situação em que se encontra nosso país atualmente”.

LEIA TAMBÉM
Para agradar Bolsonaro, empresas anunciam boicote à Rede Globo

Constrangido, STF vai libertar Lula esta semana

Inep confirma vazamento do tema da redação do Enem

NOTA DE REPÚDIO

Declaramos total repúdio ao Grupo Condor, que ao usar o termo “era negra”, em nota onde afirma que não vai mais realizar anúncios na TV Globo, revela racismo e preconceito por parte da grupo empresarial.

Não se trata de defendermos a Rede Globo, até porque também acreditamos que eles possuem grande responsabilidade sobre a situação em que se encontra nosso país atualmente. Mas isso não isenta, nem justifica qualquer manifestação de racismo, ódio e preconceito por quem quer que seja.

Lamentamos que uma empresa de tamanho destaque no Paraná se apequene de tal maneira, utilizando termos pejorativos, que desvalorizam a população negra. É inadmissível que ainda nos dias de hoje, com o avanço nas políticas afirmativas para o povo negro, com a inserção do ensino afro-brasileiro nas escolas, as pessoas ainda empreguem as palavras de forma a insultar toda uma população.

Arilson Chiorato
Deputado Estadual PT-PR

Compartilhe agora!