MPF põe a Polícia Federal para investigar o porteiro a pedido de Moro

Publicado em 6 novembro, 2019
Compartilhe agora!

A Polícia Federal, sob o comando do ex-juiz Sérgio Moro, vai investigar o porteiro do condomínio dos Bolsonaro. Sim, aquele mesmo porteiro que ligou o assassinato de Marielle Franco ao presidente e sua família.

Parece absurdo? E é.

LEIA TAMBÉM
Caso Marielle: PT entra com notícia-crime no STF contra Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro e Sérgio Moro

Vaza carta da Rede Globo sobre áudio no condomínio de Bolsonaro; confira a íntegra

Coletivo de advogados vai à Justiça para saber quem financiou outdoors a favor do pacote anticrime

O Ministério Público Federal, do procurador-geral bolsonarista da República Augusto Aras, pediu que a PF investigue o porteiro. As acusações serão de obstrução da Justiça, falso testemunho, denunciação caluniosa, além de calúnia e difamação contra o presidente da República.

Ou seja, está tudo dominado e a culpa é do porteiro.

Com informações da Revista Fórum.

Compartilhe agora!