Moro em campanha come Bolsonaro pelas bordas

Publicado em 14 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O ministro Sérgio Moro está em campanha. Só não percebe que utiliza tapa-olhos, daqueles que os muares utilizam. A única coisa que se sabe que o marketing político é para tudo, menos para o natimorto pacote anticrime.

A propaganda é a alma do negócio e o ex-juiz da Lava Jato tem consciência disso. Prova disso é que a força-tarefa entende mais de publicidade do que direito (by ministro Gilmar Mendes).

O Congresso Nacional já deu mostras que não aprova –nem que a vaca tussa arroz doce– projeto algum que tenha conexão com Moro, dentre os quais:

  • pacote anticrime
  • prisão em segunda instância
  • O fetiche lavajatista só ajuda ao próprio Moro. Nem o presidente Jair Bolsonaro fatura politicamente tanta com a pauta de carcereiro.

    Se a economia não deslanchar até março de 2020, dizem os analistas, o candidato da burguesia contra a volta do PT e de Lula poderá ser o ministro Sérgio Moro.

    A propaganda é a alma do negócio.

LEIA TAMBÉM
Lula começa hoje pelo Nordeste périplo rumo a 2022

Bolsonaro quer o fim da obrigação dos governos de construir escolas

Juíza que condenou Lula tem sentença anulada pelo TRF4

Compartilhe agora!