Lula manda recado para Bolsonaro às vésperas de deixar a prisão; confira

Publicado em 1 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), prestes a deixar o cárcere, mandou um recado ao presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O petista disse que Bolsonaro tem de agir como presidente e respeitar o povo brasileiro.

“Ele não precisa concordar comigo, ele tem que respeitar democraticamente a opinião de todos”, afirmou, ao referir-se à polêmica do AI-5, proposta pelo filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“O Brasil precisa de mais democracia e não de menos”, continuou.

Para Lula, Bolsonaro fala as bobagens dele pra entreter o povo, entreter a imprensa, e o [Paulo] Guedes vender o Brasil.

LEIA TAMBÉM
Juíza da Lava Jato quer se livrar de Lula

Glenn Greenwald: Desculpas de Bolsonaro são menos que sinceras

Magoado, Bolsonaro anuncia que não dá mais para ler a Folha de S. Paulo

“Daqui a pouco nós não somos mais uma nação. Perdemos a nossa soberania”, lamenta o ex-presidente, que é mantido preso político desde 7 de abril de 2018.

Em entrevista à Agência Pública, o ex-presidente Lula ainda comparou o tratamento que deu à imprensa com o dispensado por Bolsonaro:

“Posso te dizer: nem Silvio Santos, nem Edir Macedo, nem o dono da Bandeirantes, nem o dono da Globo vai encontrar um presidente que os tratem de forma mais civilizada do que os tratei. E da forma mais respeitosa. Agora, eles sabem o que fizeram comigo.”

Na semana próxima quinta-feira (7), o Supremo Tribunal Federal (STF) retoma o julgamento da proibição da prisão após condenação em 2ª instância. Confirmada a impossibilidade da antecipação da pena, Lula deverá ser posto imediatamente em liberdade.

Compartilhe agora!