Lawfare: Lindbergh Farias sofre condenação em primeira instância

Publicado em 6 novembro, 2019
Compartilhe agora!


O ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) foi condenado em primeira instância à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, informou o jornal Extra nesta terça-feira (5). Cabe recurso da decisão.

O petista foi condenado por improbidade administrativa, pela 2ª Vara Cível de Nova Iguaçu (RJ), por supostamente ter distribuído medicamentos com a logomarca da sua gestão enquanto era prefeito do município fluminense. A Justiça considerou que a prática configurou “promoção pessoal”.

Em vídeo, distribuído nas redes sociais, o petista apontou a “partidarização da Justiça” e rebateu os motivos apresentados para a decisão judicial, que ameaça os seus direitos políticos.

LEIA TAMBÉM:

Gleisi e Haddad divergem entre si sobre pacote econômico de Bolsonaro

Stédile: “A direita perdeu a vergonha e a compostura”

Moro atua como jagunço de milicianos e bandidos, acusa líder do PT

Lindbergh foi prefeito de Nova Iguaçu de 2005 a 2010, quando saiu para disputar uma cadeira no Senado. Além da suspensão dos direitos políticos, o ex-senador também foi condenado ao pagamento de uma multa no valor de 48 vezes o salário de prefeito.

Compartilhe agora!