Governo Bolsonaro prepara ‘desmonte’ do Bolsa Família


O governo do presidente Bolsonaro estuda propor uma gradual redução de beneficiários do Bolsa Família que conseguirem qualquer tipo de empregalidade. Na medida em que eles forem se reinserindo no mercado de trabalho, eles vão sofrer descontos progressivos no valor do benefício. A informação é da coluna Painel, da Folha de São Paulo.

O projeto é chamado pelo governo de “desarme do Bolsa Família’ e pode significar um desmonte do programa criado pelo ex-presidente Lula. Caso implementada em um cenário de crise social e desemprego acentuado, a medida soa como uma provocação aos mais pobres e aproxima as explosões sociais ocorridos no Chile, Equador e Colômbia, entre outros países, do nosso país.

LEIA TAMBÉM:

Humberto Costa denuncia no Senado desmonte do Bolsa Família

Bolsonaro não tem dinheiro para honrar a promessa do 13° do Bolsa Família

Glenn Greenwald: ‘O Antagonista assumiu ser 100% Moro’