Evo Morales diz que é alvo de ordem de prisão ilegal

Publicado em 11 novembro, 2019

Evo Morales, que renunciou ao cargo de presidente da Bolívia neste domingo (10), disse ser alvo de uma ordem de prisão ilegal.

“Eu denuncio ao mundo e ao povo boliviano que um policial anunciou publicamente que ele foi instruído a executar um mandado de prisão ilegal contra mim; da mesma forma, grupos violentos assaltaram minha casa. O golpe destrói o estado de direito”, escreveu Morales em seu Twitter.

LEIA TAMBÉM:
Evo Morales faz discurso de renúncia; golpe na Bolívia

Lula lamenta golpe contra Evo Morales na Bolívia

Golpe na Bolívia anima aventuras da extrema-direita no continente

Em seu discurso de renúncia, Morales disse que foi vítima de um “golpe cívico, político e policial” e afirmou que abriu mão do cargo para conter o avanço da violência no país, em especial contra membros de seu governo e correligionários.

Confira o tuíte de Evo Morales: