Evo Morales convoca eleições para evitar um golpe de Estado na Bolívia

Publicado em 10 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na manhã deste domingo (10) que decidiu convocar novas eleições nacionais para “pacificar” o país. Ele também vai renovar os membros do Tribunal Superior Eleitoral.

A decisão veio para aplacar uma tentativa de golpe de Estado no país operado por grupos de extrema-direita.

Morales denunciou um motim da Unidade Tática de Operações Policiais (UTOP) de Cochabamba e de ações organizadas por grupos de provocadores na mesma região.

Confira o tuítes do líder Boliviano:

LEIA TAMBÉM
Líder da oposição pede golpe militar contra Evo Morales na Bolívia

Urgente: Evo Morales denuncia ‘conspiração golpista’ na Bolívia

Evo Morales afirmou que a casa de sua irmã foi incendiada, assim como as casas de governadores.

“Denunciamos e condenamos perante a comunidade internacional e o povo boliviano que o plano de golpe fascista executa atos violentos com grupos irregulares que atearam fogo a casa dos governadores de Chuquisaca e Oruro e minha irmã naquela cidade”, disse Morales.

Com informações do G1

Compartilhe agora!