Dilma vai processar passageiro que a fotografou dormindo em voo

Publicado em 22 novembro, 2019

A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) vai processar o autor da foto e da postagem em que ela aparece dormindo na classe executiva de um voo entre os Emirados Árabes Unidos e o Brasil.

Na postagem, que viralizou em grupos de WhatsApp nos últimos dias, a foto é acompanhada de uma legenda que diz que viagem da ex-presidenta estava sendo bancada com dinheiro público, o que é falso.

.

“Olha a companheira Dilma, voando First Class de Dubai pra SP… eu não disse Caracas ou Havana para SP… Dubai pra SP… meteu aquele Caviar, umas boas taças de Dom Perignon, e logicamente aquele vinho Francês… uma maravilha… Parabéns pra você que também paga por isso !!!”.

LEIA TAMBÉM:
Lula divulga nota de condolências pelo falecimento Henry Sobel

Excludente de ilicitude será usado contra povo pobre e manifestações populares, diz representante de instituto

.

Universidades federais têm plantações extensivas de maconha, diz ministro da Educação

Em nota, a assessoria da petista afirmou que o “poder público jamais pagou para a ex-presidenta Dilma Rousseff qualquer passagem de avião, estadia, transporte ou diária”. O comunicado esclarece que ela foi aos Emirados Árabes Unidos participar do lançamento de um grupo de trabalho sobre “Direitos das gerações futuras”, entre 11 e 15 de novembro, e que todas suas despesas com a viagem foram pagas “integralmente pela organização do evento”.

Segundo a assessoria da ex-presidenta, ela será representada no caso por seu advogado, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.