Ciro excluído pela polarização entre Lula e Bolsonaro

Publicado em 10 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O ex-presidenciável do PDT, Ciro Gomes, foi a principal vítima da polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-presidente Lula (PT), como era previsto. Há um mês, o Blog do Esmael anotou que a soltura do petista seria a salvação política para o capitão.

“A liberdade de Lula não interessa a Ciro Gomes nem ao ministro da Justiça Sérgio Moro porque, num cenário polarizado, os dois seriam colocados de escanteio”, disse a esta página Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas, no dia 10 de outubro passado.

Além de varrer Ciro e Moro do mapa presidencial, a polarização política entre Lula e Bolsonaro também eliminou os “lambaris de valeta” [candidaturas intermediárias] que sonhavam disputar a Presidência da República em 2022.

Neste sábado (9), durante discurso no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo (SP), o ex-presidente Lula deixou claro que combaterá o governo pelo desastre na economia para os mais pobres.

LEIA TAMBÉM
Lula pergunta a Bolsonaro: ‘Quem matou Marielle Franco?’

Moro ficou magoado com discurso de Lula

Frota admite aliança até com Zé Dirceu para ‘apressar’ o fim do governo Bolsonaro

“O que vejo é que o povo ficou mais pobre, com menos saúde, menos casa, menos emprego. Mais de 40 milhões, 50% da população está ganhando R$ 413 por mês. Seria importante que ele fizesse o que vocês fazem: pegar R$ 413 e sustentar a família, pagar transporte para trabalhar. Queria que ele fosse pro médico, comprar remédio. Eu acho que não tem outro jeito”, discursou o petista à multidão, escancarando o caráter golpista e entreguista do governo atual.

Para Lula, o presidente Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes são lacaios da burguesia e do capital especulativo estrangeiro.

“Quero que eles expliquem por que querem destruir a nossa Petrobras, o BNDES, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica? Quero saber porque esse cidadão que se aposentou muito jovem quis tirar aposentadoria do povo brasileiro. Quero saber porque esse cidadão que nunca ganhou salário mínimo quer congelar o salário, que nunca teve a carteira profissional azul quer criar a carteira verde amarela que vai ter empregos intermitentes. Não vai ter registro em carteira. Eles estão apresentando um projeto econômico que vai empobrecer cada vez mais a sociedade brasileira”.

O ex-presidente Lula diz ter certeza de que se a oposição tiver juízo, “se souber trabalhar direitinho”, em 2022 a esquerda, que Bolsonaro tem tanto medo, vai derrubar a ultradireita.

“Esse país não merece o governo que tem. Não merece um governo de um presidente que manda os filhos todos os dias contar mentiras, através das fake news”.

Nessa guerra de gigantes, não tem espaço para Ciro.

Compartilhe agora!