TF15Cuba_041.jpg

Brasil vota contra resolução que condena bloqueio a Cuba na ONU

Publicado em 7 novembro, 2019
Compartilhe agora!

TF15Cuba_041.jpg
TF15Cuba_041.jpg

O Brasil adotou o viés ideológico de extrema-direita e votou contra uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba. A resolução foi votada na plenária da Assembleia-Geral da ONU nesta quinta-feira (7).

O fim do embargo foi aprovado por 187 países e duas abstenções, além de três votos contra. Além do Brasil votaram contra Israel e Estados Unidos. Colômbia e Ucrânia se abstiveram.

O posicionamento rompe a tradição da diplomacia brasileira e segue o alinhamento automático do governo Jair Bolsonaro (PSL) ao presidente norte-americano, Donald Trump.

LEIA TAMBÉM:

Alinhado aos EUA, Brasil deve votar a favor do embargo à Cuba na ONU

Artistas e intelectuais pedem justiça para Lula e paz para o Brasil

Gleisi Hoffmann: Uma política desastrosa para o petróleo brasileiro

Desde de 1992, o bloqueio econômico a Cuba é condenado em sucessivas resoluções da ONU, com o voto do Brasil.

Compartilhe agora!