Após crítica do PT, bolsonarista Rede Condor volta atrás de boicote à propaganda na Rede Globo

Publicado em 5 novembro, 2019
Compartilhe agora!

A valentia dos supermercados da Rede Condor durou menos de 24 horas e a empresa bolsonarista voltou atrás do boicote à propaganda na Rede Globo.

Em nova nota divulgada na noite desta segunda-feira (4), a empresa que havia trombeteado o cancelamento da publicidade na TV Globo agora jura que só boicotará o “reclame” na programação nacional dos Marinho.

A “afrouxada de tanga” do proprietário Joanir Zonta se deu após o presidente estadual do PT do Paraná, deputado Arilson Chiorato, acusar a rede de praticar injúria racial e de prometer levar o supermercado à Justiça.

Durante o último fim de semana, para agradar o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o Grupo Condor afirmara em nota que estava suspendendo todos os contratos de propaganda com a Globo e se referia como “era negra” os governos petistas de Lula e Dilma Rousseff.

“E essa será nossa posição, até que a emissora assuma uma postura mais justa, de acordo com a vontade da maioria da população, que elegeu o nosso atual presidente, pois na era negra em que vivemos sob a administração petista a emissora não agia da mesma forma”, dizia um trecho da primeira nota –que era mais “valente”.

Agora a história é outra. De acordo com o Condor, a suspensão de suas veiculações na Globo “limita-se aos programas jornalísticos nacionais da emissora, que são Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional e Fantástico, bem como programas que contrariem os princípios e valores familiares, como Malhação e a novela das 21h”.

No entanto, garante o supermercado curitibano, permanecerão os investimentos na RPC, afiliada Globo no Paraná, “remanejando e reforçando a programação regional e de entretenimento saudável”.

“Portanto, não cortamos as propagandas da RPC, afiliada Globo”, garante o bolsonarista Condor.

LEIA TAMBÉM
Lava Jato enrolou a ministra Rosa Weber na investigação de Lula, diz Intercept

“Bolsonaro não termina o mandato”, prevê deputada Janaina Paschoal

Oposição entra com notícia-crime no STF contra Bolsonaro, Moro e Carluxo

Leia a íntegra do novo comunicado da Rede Condor:

“O Condor Super Center esclarece que a decisão da empresa em suspender suas veiculações na Globo limita-se aos programas jornalísticos nacionais da emissora, que são Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional e Fantástico, bem como programas que contrariem os princípios e valores familiares, como Malhação e a novela das 21h.

Permanecemos com nossos investimentos na RPC, afiliada Globo no Paraná, remanejando e reforçando a programação regional e de entretenimento saudável.

Tal decisão está fundamentada na parcialidade que o jornalismo nacional desta emissora vem demostrando, onde apresenta matérias sem o devido cuidado, apenas de cunho sensacionalista, especialmente contra o Presidente da República.

Temos constatado muitas medidas que beneficiarão o futuro do país, mas muito pouco tem sido divulgado, demonstrando a parcialidade que parte da imprensa tem praticado.

Portanto, não cortamos as propagandas da RPC, afiliada Globo. Apenas não serão veiculadas em certos horários. Atitude semelhante vem sendo adotada por várias empresas que compactuam da nossa mesma preocupação com o futuro do nosso país”.

Compartilhe agora!