Temer “operou” o golpe contra Dilma, segundo Rodrigo Maia

Publicado em 5 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acabou assumindo que Michel Temer operou o processo de impeachment.  O chamado “golpe de 2016” que derrubou a presidente Dilma Rousseff (PT) e colocou o país na beira do precipício.

“Ela ia cair de qualquer jeito, mas operar o processo pensando em cargos futuros pode gerar um governo com dificuldade”, disse Maia neste sábado (5).

“Fui responsável por não derrubar o Temer. Não seria razoável. Não tive medo, ao contrário. Continuo fazendo a mesma coisa, presidindo a Câmara e impondo os limites entre o Legislativo e o Executivo”, afirmou.

LEIA TAMBÉM
Temer no ‘Roda Viva’ confirma golpe de 2016 e desmonta narrativa da Globo

Beneficiado por um golpe, Michel Temer jura que jamais apoiou ou se empenhou pelo golpe

‘Temer cometeu sincericídio ao admitir o golpe contra mim’, diz Dilma

Rodrigo Maia também se auto elogiou sentindo-se magnânimo: “Nove em cada 10 políticos comandariam o impeachment, mas fiz o contrário. As ambições pessoais não podem estar acima do cargo.”

Então tá. Bola para frente, “Botafogo”!

Com informações da Folha de S. Paulo

Compartilhe agora!