STF deve impor nova derrota a Moro e anular sentença de Lula

Publicado em 14 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, deve sofrer mais uma derrota no julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do recurso da defesa do ex-presidente Lula (PT) que questiona a sua imparcialidade na condenação do petista no caso do tríplex do Guarujá.

O processo começou a ser julgado na Segunda Turma do STF em 2018 e foi suspenso por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, que agora pretende retomar a discussão no colegiado até novembro.

LEIA TAMBÉM:
Lava Jato denunciou Lula para criar distração do áudio da JBS, apontam diálogos

Moraes manda investigar relação entre rede de fake news pró-Bolsonaro e ataques ao STF

Segundo o Estadão, o ministro Celso de Mello sinalizou, nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski e votar a favor do pedido do Lula para derrubar a condenação. Os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia já votaram contra o pedido do ex-presidente.

Esta seria a terceira derrota de Moro no STF. Ele já teve duas de suas sentenças anuladas pela Corte.

Em agosto, a Segunda Turma derrubou a condenação que havia sido imposta ao ex-presidente da Petrobrás e do Banco do Brasil Aldemir Bendine. No início deste mês, o plenário também derrubou a condenação do ex-gerente da Petrobrás Marcio de Almeida Ferreira em um caso similar ao de Bendine.

Compartilhe agora!