PT: Ataque de relator contra Lula e Dilma desmoraliza CPI do BNDES

Publicado em 9 outubro, 2019
Compartilhe agora!


O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou nota nesta manhã de quarta-feira (9) denunciando armação política do relator da chamada CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).”Não resta dúvida que o objetivo de Altineu Côrtes é abastecer de manchetes a indústria de fake news e parte da mídia engajada no combate ao PT e na blindagem ao governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro”, denunciam os petistas.

“Ao direcionar o relatório da CPI para servir de instrumento político, usando mentiras requentadas e já devidamente refutadas até mesmo pelo MP, o parlamentar desmoraliza o importante instrumento de investigação”, diz a trecho da nota.

Leia a íntegra da nota:

O Partido dos Trabalhadores repudia as acusações do relator da CPI do BNDES, deputado Altineu Côrtes (PR-RJ), ao ex-presidente Lula e à ex-presidenta Dilma Rousseff.

Ao direcionar o relatório da CPI para servir de instrumento político, usando mentiras requentadas e já devidamente refutadas até mesmo pelo Ministério Público, o parlamentar desmoraliza o importante instrumento de investigação que é uma comissão parlamentar de inquérito.

Lula e Dilma jamais possuíram contas no exterior e muito menos desviaram recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Muito ao contrário. Durante os governos do Partido dos Trabalhadores, o Brasil testemunhou o lucro do BNDES saltar de R$ 550 milhões em 2002 (último ano do governo FHC) para R$ 6,2 bilhões em 2016, uma evolução superior a 1.000%. O índice de inadimplência do banco em 2015 estava inferior a 3% e o total de operações de crédito foi de 954.208 contratações, de modo que o BNDES tornou-se referência global em financiamento de projetos que geraram desenvolvimento, emprego e renda para milhões de pessoas no Brasil.

O parecer final da CPI do BNDES é um grande “recorta-cola” de documentos fornecidos por outros órgãos de controle, mas feito sob o prisma da seletividade e da parcialidade política com o objetivo de atacar o PT e as suas principais lideranças.

LEIA TAMBÉM:

Bivar diz que fala de Bolsonaro sobre o PSL foi “terminal”

Gleisi e Pimenta anunciam processo contra quem atacar o PT com fake news

Greve geral contra ‘pacotaço’ de Lenín Moreno paralisa Equador

É de estarrecer que o próprio relator faça acusações contra Lula e Dilma após escrever no seu parecer tal passagem:

“É importante destacar que não se está, neste relatório, fazendo juízo sumário ou conclusivo sobre a culpa dos agentes que serão a seguir indicados. Em observância aos princípios constitucionais da presunção de inocência, do contraditório e da ampla defesa, esse juízo de valor caberá às instâncias próprias, judiciária ou administrativa, conforme o caso, após o devido processo legal” (p.307).

Não resta dúvida que o objetivo de Altineu Côrtes é abastecer de manchetes a indústria de fake news e parte da mídia engajada no combate ao PT e na blindagem ao governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro. Esse tipo de ação não pode ser levada a sério numa CPI.

Brasília, 9 de outubro de 2019.

Dep. Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Presidenta do Partido dos Trabalhadores

Dep. Paulo Pimenta (PT-RS)
Líder do PT na Câmara

Compartilhe agora!