PSOL define eleições 2020 como a mais importante de sua história

Compartilhe agora

Reunido em seu Diretório Nacional neste sábado e domingo (26 e 27), o PSOL iniciou um ciclo de debates para definir a tática para as eleições 2020.

Na resolução aprovada, os dirigentes nacionais definiram as eleições municipais como a mais importante da história do PSOL, tanto pela presença das forças de extrema-direita quanto pelo forte crescimento do partido nos últimos anos, tanto em número de filiados quanto em presença política e institucional.

LEIA TAMBÉM:
PSOL reafirma oposição a Bolsonaro e seu programa neoliberal

Bolsonaro publica vídeo chamando o STF e a ONU de hienas que o atacam; assista

#1AnodeDesgraca desbanca comemoração dos robôs bolsonaristas

Segundo o texto, o PSOL deve estar preparado “para a enorme responsabilidade de representar o projeto de uma nova esquerda nas eleições do próximo ano, enfrentando a extrema-direita e os velhos partidos da direita golpista. Nossa prioridade nos próximos meses é construir uma base programática comum que possa servir de subsídio para todas as companheiras e companheiros que nos representarão na disputa eleitoral de 2020.”

O PSOL também colocou como meta lançar ao menos 1000 candidaturas próprias a prefeituras em todo o país, bem como construir fortes chapas de vereadores para aumentar a sua presença nas câmaras legislativas.

O debate sobre as eleições municipais deve ser definido no 7º Congresso Nacional do PSOL, que vai ser realizado no primeiro semestre do ano que vem.

Clique aqui e leia a resolução do PSOL na íntegra:

As informações são do PSOL.